terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Nenhum Natal


Nenhum Natal / Apenas as folhagens/ Soltas no vendaval / Apenas o sol / Testemunhando tudo...

6 comentários:

Albert disse...

Meu amigo, como cientistas que somos, só posso concordar contigo, esse buraco de ozônio não nos dá escolha.
Um post excelente.

Dona Sra. Urtigão disse...

O Natal acaba sendo um Mortal, tamanho consumismo desencadeado e ensinado...

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Consumismo, esse é o termo...
Obrigada, amigo!

Albert disse...

Um bom Natal, colega!
Abraços!

GiGi disse...

Feliz Ano Novo, caro amigo!

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Beijinhos, Arthur!
Semana dourada...